Sobre


Prof.ª Doutora ISABEL DUARTE (Coordenação do Seminário GAP)

O GAP (Grupo dos Amigos das Projectivas) é um grupo aberto, que reúne de dois em dois meses, no qual se entra por convite de um outro membro, tendo, apenas, como critério de entrada o gosto em aprofundar e a utilização da metodologia projetiva na prática clínica.

A criação do GAP surgiu da necessidade sentida por alguns Psicólogos Clínicos com formação em metodologia projetiva de tornar estas técnicas mais acessíveis, compreensíveis e manuseáveis pelos colegas, de modo a permitir a sua correta utilização e uma maior amplitude no acesso ao conhecimento.

Um dos principais objetivos do GAP é o intercâmbio de saberes, entre colegas que trabalham em Portugal, mas abrindo as portas além-fronteiras, convidando periodicamente colegas de outros países, nomeadamente de França, contando com a colaboração regular da Prof.ª Doutora Teresa Rebelo, Psicóloga Clínica e docente na Universidade de Rouen. 

A Violência na Adolescência

Na sociedade atual, a agressividade é uma constante, sendo fundamental criar espaços de reflexão sobre esta temática, atendendo aos diferentes contextos em que se repercute, em particular na adolescência, um período do desenvolvimento que se caracteriza por apresentar fortes contrastes e comportamentos muitas vezes violentos.

Neste seminário iremos refletir sobre alguns dos contextos onde a violência se apresenta como uma forma de expressão, numa relação direta com aquelas que são as novas patologias emergentes no contexto clínico.

Iremos pensar sobre a violência na sexualidade, no namoro e na família, aliada às vicissitudes da clínica e da metodologia projetiva, passando pelas questões emergentes relacionadas com o numérico e o virtual, questões que se levantam, a quem lida de perto com os adolescentes.


O 1º Seminário Internacional do GAP encontra-se acreditado pela OPP (Ordem dos Psicólogos Portugueses) com 2,7 créditos para a Especialidade de Psicologia Clínica e da Saúde.